Meu Cantinho no Japão

6.2.11

ESSA DOR CHAMADA SAUDADE

 


ESSA DOR CHAMADA SAUDADE


Que amor é esse
Que olho o mar e consigo te enxergar
Olho as estrelas e nela vejo teu olhar
Só em você consigo pensar
Mas junto de mim você não está...

Saudade do teu caminhar
Do teu sorriso tão doce
Povoas meus pensamentos
Mas encontras o desalento
De não poder te abraçar...

Você foi aquele alguém
Que me amou por inteiro
Sempre senti por você
Um amor puro e verdadeiro

A vida era um jardim
O nosso amor era as flores
Que perfumavam os canteiros
E esquecia as dores...

Choro por não mais te ver
Por não poder te tocar
Ainda queria te amar...

Te peço muito perdão
Por tudo isso escrever
Pois apesar do tempo
Continuo esse lamento
Não consigo te esquecer
Vou sempre amar VOCÊ.


Giselda Pereira

Gisis

Publicado no Recanto das Letras em 21/01/2011


Um comentário:

Chica disse...

Linda saudade desse amor! beijos, tudo de bom,chica