Meu Cantinho no Japão

22.4.12

 

 

 

 

AI QUEM DERA EU SER POETA...

Um poeta é assim
Desenha um barco e vai navegar
Consegue alcançar as estrelas
Anda nas nuvens e consegue voar...

Ser poeta é assim...

É poder brincar com as letras
É enxergar com os olhos da alma
É chorar sem mostrar as lágrimas
Nas horas de solidão...

É olhar na escuridão
Mas seus olhos ver o clarão
É ouvir o barulho do vento
E decifrar se é de alegria ou lamento...

Um poeta é assim
Vive sempre apaixonado
Por um amor do presente
Ou um amor do passado...

Giselda Pereira




Um comentário:

✿ chica disse...

Lindo,Gisis e tu és uma maravilhosa poetisa!!!beijos,lindo domingo e semana,chica